22 de junho de 2015

Adolescentes: Como entender? #BatePapoComMariCoelho

"Não é fácil ser pai... Muito menos ser adolescente.O pai já foi adolescente um dia, mas o adolescente está em sua primeira experiência de vida."


• Será que não posso cuidar do meu próprio nariz?

R: A verdade é que na adolescência sempre achamos que podemos tudo: pensar, sentir e viver por conta própria. Esquecemos que ao certo somos seres de fases, mudanças de sentimentos e opiniões rápidas. E como que uma pessoa que tem mudanças assim tão rápidas pode se governar?


Se entendêssemos as limitações que os nossos pais impõem, sofreríamos muito menos, não é? Pode confessar que é verdade HAHAHAH. 


Normalmente,
Aos 13 anos: somos bem sensíveis; pouco comunicativos; não gostamos de desabafar com nossos pais e respondemos com monossílabos às suas perguntas. Começamos a questionar o porquê não somos tão amáveis, simpáticos e educados como nossos amigos são, causando certas revoltas.

Aos 14 anos: Começamos a perceber as "tontices" que eram nossos pensamentos anteriores e, já conseguimos resolver grande parte das preocupações que tínhamos aos 13 anos. Nossos pais começam a nos entender e nos apoiar sem nos criticar tanto quanto antes.

Aos 15 anos: Parece que volta alguns problemas de quando se tinha 13 anos. Temos vários assuntos para dialogar, porém, não queremos dialogar sobre eles com nossos pais. Começamos a enxergar problemas da fase adulta que pouco a pouco vem surgindo. Porém, somos seres cheios de esperanças para contagiar os outros.

Aos 16 anos: Teremos mais confiança em nós mesmos; Teremos aprendido a controlar nossas próprias emoções. Começamos a perceber que nem tudo é tão fácil como imaginávamos. Começa-se então o planejamento para o futuro em relação à faculdade, trabalho e outros. Começa-se a tão esperada por nossos pais: MATURIDADE.

Então, o que é mais complicado? Ser um adolescente ou pai de um adolescente?
Devemos ser mais compreensíveis uns com os outros, sem pular etapas.


Pais, vamos entender que todo mundo, independente da idade, precisa-se de um pouco de privacidade para refletir.
Adolescentes, vamos entender que nossos pais já foram adolescentes, então, eles já sentem o cheiro das nossas atitudes.
Ah, e não vamos nos esquecermos de que um dia também seremos pais. Só assim para entendermos melhor esse sentimento de proteção.

"Respeite o seu pai e a sua mãe, para que você viva muito tempo na terra que estou lhe dando." 

Provérbios 20:12




Uma semana abençoadora e bem produtiva a todos vocês!
Beeeeijos da Mari e fiquem com Deus! 

2 comentários:

  1. Confesso que eu demorei pra amadurecer viu, porém minha família é de um suporte que sinto orgulho e sempre irei respeita-los.
    Parabéns pelo post :D Minha Vida Por

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda a certeza família conta muito muito, e você está mais do que certo, devemos valorizar isso! heheh
      Obrigadaaa, beijos :D

      Excluir

© Mariane Coelho - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tatiana Freitas.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo